FundoSocial (1)

Primeira-dama participa de encontro do Fundo Social do Estado

Na oportunidade, Viviane Esquetini conheceu as Escolas de Qualificação Profissional, que têm como foco a geração de renda e a inserção no mercado depessoas em situação de vulnerabilidade social

A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade do município, Viviane Esquetini, esteve na quinta-feira (6) no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, para participar da 15ª Reunião de Trabalho do Fundo Social de Solidariedade do Estado, presidida pela primeira-dama do Estado de São Paulo, Maria Lúcia Guimarães Ribeiro Alckmin (Lu Alckmin).
Na ocasião, Viviane conheceu projetos que podem beneficiar Matão no atendimento às famílias e pessoas carentes e resgate da dignidade por meio de qualificação profissional, com a reativação da oficina da moda e implantação da oficina de construção civil, oficina da beleza e da padaria artesanal. Ao todo, 24 municípios da região participaram do encontro.
Com a participação no evento, a primeira-dama de Matão vem realizando estudos para que, além de promover a capacitação profissional, o Fundo Social de Solidariedade de Matão também consiga atuar de maneira incisiva para resgatar a qualidade de vida e dignidade dos assistidos. “Mesmo diante da crise econômica que também atinge nossa cidade, consegui fazer um balanço positivo das ações e projetos que buscam alternativas para geração de renda e inserção da população carente no mercado de trabalho”.
O Fundo Social da Solidariedade desenvolve projetos sociais para melhorar a qualidade de vida dos segmentos mais carentes da população. Além disso, realiza programas e ações que visam a valorização, estimulando iniciativas da comunidade para auxílio e redução das desigualdades sociais.

Sobre as escolas de qualificação

Padaria Artesanal:Busca qualificar profissionais e capacitar agentes aplicadores na produção artesanal de pães feitos sem adição de conservantes.
Construção Civil: Para pessoas acima de 18 anos, em busca de um lugar no mercado da construção civil como pedreiro ou assentador de pisos e azulejos.
Horta Educativa: Ensina às crianças o valor do meio ambiente e a importância de cultivar hábitos alimentares mais saudáveis.
Oficina da Beleza:Capacita homens e mulheres acima de 16 anos para recolocação profissional nas funções de assistente de cabeleireiro, depilação, design de sobrancelha, manicure e maquiagem.
Oficina da Moda: Gera oportunidade de emprego para homens e mulheres carentes a partir de 16 anos e atender a demanda de mão de obra qualificada na área de corte, costura e bordados.