6548890b-df66-4a5e-a8db-508a4cb537d2

Clássicos do cinema encantou público no Villa Dorana

Apresentação da Orquestra Jovem de Matão surpreendeu pela técnica, beleza e qualidade musical

A noite de sexta-feira (12) foi especial para quem esteve presente no espaço Villa Dorana. Sob regência do maestro Danilo Gomez, Orquestra Jovem de Matão e o Coro Frater se apresentaram para aproximadamente 600 pessoas em um espetáculo bastante singular às 20h.
Estiveram presentes na apresentação o prefeito Edinardo Esquetini e a primeira dama, Viviane Esquetini, além da secretária de Educação, Débora Milani, do diretor de Cultura, Júlio Ribeiro, outros secretários e diretores da administração, vereadores, do presidente da Fundação Marischen, Theodoro Marischen, e sua esposa, Martha Marischen, e do diretor da TV Matão, Júlio Marischen.
Na ocasião, quem abriu os trabalhos musicais na noite foram os pianistas Guilherme Libero e Leila Kfouri, esta última convidada de honra para o evento. Diante do instrumento e valendo-se de mãos bastante leves sobre as teclas, Leila mostrou que não perdeu a majestade ao encarar o piano para reproduzir clássicos como a valsa em C# menor de Frédéric Chopin e Impressões Seresteiras, de Heitor Villa Lobos. Depois de arrancar aplausos da plateia, Leila recebeu ainda uma homenagem da secretária Débora Milani e do diretor Júlio Ribeiro, deixando os palcos para o início dos trabalhos do quarteto de cordas da Orquestra Jovem de Matão.
E foi somente após algumas execuções do quarteto de cordas da orquestra e do clarinetista Jhonatan Coelho que a Orquestra Jovem subiu aos palcos completa, com seus mais de 30 integrantes em um enorme conjunto de melodias e harmonias para todo o público presente no Villa Dorana. Entre os clássicos do cinema lembrados pelos músicos matonenses estiveram sucessos de filmes como Piratas do Caribe, A Bela e a Fera, Romeu e Julieta, a saga Crepúsculo, Guerra nas Estrelas, Em algum lugar do passado, Titanic e o Príncipe do Egito, este último executado juntamente ao Coro Frater em momento especial, no qual mais de 70 músicos atuaram para felicidade do público presente.
Próximo ao final do evento, Danilo Gomez também foi homenageado por seus alunos, em um gesto de respeito e consideração dos músicos pelo maestro. Nas palavras de Danilo, um momento único em sua vida. “Observamos que a orquestra conquistou seu espaço e alcançou seus objetivos. Sou muito grato ao Theodoro Marischen pelo apoio recebido desde 2015 e ao prefeito Edinardo Esquetini que abraçou o projeto e o trouxe para a Casa da Cultura. Esta é uma proposta que veio para ficar, pois estamos levando a cultura e a arte musical para o maior número possível de pessoas. Ao mesmo tempo, estamos gerando oportunidade aos alunos para que eles possam se profissionalizar musicalmente. Fiquei imensamente feliz com a participação da nossa grande pianista Leila Kfouri, bem como com a presença do Jhonatan Coelho e com a performance de Fabiana Dias. Essa soma de talentos agregou valores ímpares ao espetáculo como um todo”, explicou Danilo.
O prefeito Edinardo Esquetini destacou o talento de Danilo Gomez e de todos os membros do espetáculo ‘Clássicos do Cinema’, reforçando o comprometimento de todos os envolvidos para a realização do evento, e sobretudo, a importância das manifestações artísticas para o município. “O Danilo é um jovem de enorme talento e mostrou seu potencial à frente dos músicos da Orquestra Jovem, que também nos presentearam com uma habilidade ímpar na execução das músicas. Esse tipo de comprometimento nos deixa feliz, mostra o quanto essas pessoas amam a música e fazem questão de garantir um belo espetáculo. E nosso papel é incentivar essas manifestações artísticas, investir para que cada vez mais pessoas possam ter acesso a apresentações de qualidade. É isso que vamos continuar fazendo”, completou.