alexandre

O vereador Alexandre de Cinque perdeu um recurso eleitoral que pede a cassação de seu mandato por abuso de poder econômico. A decisão em primeira instância cassava o mandato do parlamentar, e o Tribunal Eleitoral Regional de São Paulo manteve a decisão, cassando o mandato do mesmo.

Apesar da decisão desfavoravel o vereador pode ainda recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral, e permanece no cargo até decisão final.

 Pessoal, agora a tarde tivemos uma decisão desfavoravél no TRE em São Paulo naquele processo que a Ex-Vereadora e atual Assessora do Prefeito Edinardo Carla Kamel moveu contra mim para caçar o meu mandato. Agora vamos recorrer no TSE em Brasilia. Perdemos uma ‘batalha’ mas não perdemos a guerra! A nossa luta continua! #ComAForçaDoPovo #VereadorDeCinque

DO CASO

A justiça julgou PROCEDENTE a representação eleitoral (Processo nº 1-35.2017), reconhecendo a prática de condutas em desacordo com as normas eleitorais relativas à arrecadação e gastos de recursos, nos termos no artigo 30-A da Lei 9.504/97 e, em consequência, E CASSANDO O O DIPLOMA do requerido ALEXANDRE HENRIQUE DE CINQUE.

Nos moldes do artigo 15 da LC 64/90 e do artigo 257, § 2º do Código Eleitoral, aguarde-se o trânsito em julgado desta decisão ou, se o caso, deliberação distinta de Corte Recursal.

db6fd2d5-a733-4b2b-a3eb-b6024fec0908